abril 2011

Empresas japonesas adotam o inglês como idioma oficial na comunicação interna. Será que vai dar certo?

A notícia não é nova. O assunto já anda circulando desde o início do ano passado, mas parece que agora o pessoal está discutindo mais a respeito. Imagine que você trabalhe numa empresa e, repentinamente, recebe a seguinte informação: dentro de dois anos, todas as reuniões e a comunicação escrita dentro da empresa serão em… Continue a ler »Empresas japonesas adotam o inglês como idioma oficial na comunicação interna. Será que vai dar certo?

Caso Mobistar: O container e o help desk

As redes sociais estão deixando as empresas com telhado de vidro. Recebo rotineiramente um monte de exemplos de consumidores que reclamam nas redes sociais a respeito de algum serviço ou problema de relacionamento com as empresas. Mas sempre gosto de registrar aqueles protestos mais interessantes e inteligentes, que trazem um frescor de criatividade e irreverência.… Continue a ler »Caso Mobistar: O container e o help desk

Folha demite jornalistas após comentários no Twitter

Os casos de demissão, ação judicial e mal entendidos por conta das redes sociais continuam a acontecer rotineiramente. Alguns ganham repercussão na mídia, como o recente caso dos jornalistas Alec Duarte, da Folha, e Carolina Rocha, do Agora SP, que foram demitidos devido a comentários considerados inapropriados pelo Grupo Folha a respeito do trabalho de… Continue a ler »Folha demite jornalistas após comentários no Twitter

Apenas 0,05% dos usuários geram 50% do conteúdo circulante do Twitter. Isso também acontece nas empresas

A Yahoo Research e a universidade americana de Cornell publicaram um interessante estudo a respeito de como o conteúdo que circula no Twitter é criado, consumido e compartilhado. De todas as conclusões apresentadas, a mais interessante foi descobrirmos que uma pequena minoria de usuários – aproximadamente 0,05% – está gerando cerca de 50% de todos… Continue a ler »Apenas 0,05% dos usuários geram 50% do conteúdo circulante do Twitter. Isso também acontece nas empresas