Quatro histórias pessoais e reais da minha vida de marketing e comunicação

As quatro situações abaixo são reais e… aconteceram comigo.

SITUAÇÃO 1

Eu apresentei o plano anual para a diretora, recentemente nomeada minha chefe. Ela olhou fixamente nos meus olhos. Eu gelei. Ela disse sem mexer um músculo da face: “Esse é o pior plano que já vi na minha vida. Falta ousadia. Falta criatividade. Não tem nada que eu possa aproveitar daqui”. Pegou o documento e jogou no lixo exclamando: “Decepcionante”. E deu as costas.

SITUAÇÃO 2

O presidente olhou o plano de marketing de lançamento de um produto e exclamou: : “Você está louco. Você acha que eu vou aprovar isso? É a proposta mais maluca que eu já vi na minha vida. A gente não faz isso aqui. O risco é enorme. O dinheiro que vocês estão pedindo é impossível. Vocês fumaram o que para fazer isso? Pode esquecer, o conselho nunca vai aprovar”. Poucos dias depois a proposta foi aprovada quase na íntegra e deu super certo, tendo a empresa alcançado resultados surpreendentes.

SITUAÇÃO 3

O diretor quase subiu na mesa exclamando: “Sua ideia é boa, mas tem muito risco. Eu não banco. Eu nunca teria coragem de propor isso e por a empresa em risco. Você sabe como é. O sucesso tem muitos sócios, mas o fracasso tem sempre e, precisa ter, um culpado. Nesse caso será você. Eu não vou suportar isso”. A proposta foi implementada e teve grande sucesso e repercussão. No ano seguinte o projeto ganhou prêmios de mercado como caso referência.

SITUAÇÃO 4

O diretor virou pra mim e disse: “Recolhe tudo”. Eram centenas de cartazes espalhados pelo prédio. “Como você pode ter feito isso sem a minha aprovação? Olhe essa imagem. É chocante, de profundo mal gosto. Ofende os funcionários.” No cartaz aparecia a imagem de um rinoceronte visto por trás, seu traseiro ocupava todo o espaço da peça de 60 por 80 cm, onde se lia: Vai encarar? Era uma campanha de desbucratização interna que acabava de ser lançada na empresa. Todas as peças foram recolhidas e jogadas no lixo.

São quatro experiências reais da minha vida… em quatro momentos bem diferentes, com chefes bem diferentes. Foram duas situações positivas e duas negativas. De todas elas eu saí com cicatrizes e aprendizados. Em todas eu tentei ser ousado, tentei esticar a corda ao máximo que pude e, em algumas delas, por falta de “ência” (competência, experiência e paciência), eu cometi erros básicos. Como posso lançar algo considerado ousado sem ter aprovado antes com meu chefe ou conseguir parceiros na aprovação do projeto?

Mas a maior lição que carrego na minha vida é a ousadia. Profissionais de Marketing e Comunicação precisam ser ousados, desafiar a organização, andar no fio da navalha, testar seus limites e resiliência. Qualquer organização espera isso de um profissional da área. Em marketing e comunicação é muito comum que o número de “não” e “talvez” seja maior que o de “sim”. Faça você mesmo esse teste. Quantos “nãos” e quantos “sim” você recebe por semana? O sucesso, a sua capacidade de inovar e ser diferente tem a ver com essa pequena matemática.Link