Mauro Segura

Quem sou eu? Me formei em engenharia e análise de sistemas, e em seguida fiz uma pós-graduação em marketing. Tenho mais de 30 anos de experiência em comunicação, marketing e vendas nas áreas de tecnologia e telecomunicações. Atuei como executivo de marketing e comunicação em grandes organizações. Nos últimos 25 anos, ocupei posições de diretor ou VP, sempre me reportando a presidentes e gerentes gerais de empresas. Me especializei na implementação das mídias sociais, em comunicação interna e externa, e no uso do marketing analítico nas empresas, áreas que continuo estudando. Fui colaborador ativo de vários blogs, como Meio&Mensagem e Café Brasil, onde produzi conteúdo sobre comportamento, marketing e comunicação na era da sociedade digital. Fui também muito ativo no LinkedIn. Sou apaixonado por tecnologia e mídias sociais, mas também adoro ser jardineiro e cozinheiro nos finais de semana. No ano de 2020 deixei o mundo corporativo por vontade própria, para viver hoje um período sabático, repensando a minha vida pessoal e profissional, especialmente depois da partida de sua amada esposa devido a um tratamento de câncer que provocou muitas marcas e aprendizados. Desenvolvi esse blog com o intuito de compartilhar um pouco do meu conhecimento, experiência e pontos de vista sobre a vida de forma geral. Passei muitos anos escrevendo sobre o mundo corporativo e do trabalho. E, agora, como um profissional mais experiente e completo, passei a escrever mais sobre a vida como um todo, abordando muitos aspectos pessoais. Me sinto um privilegiado por ter pessoas interessadas no que produzo. Um abraço e obrigado por ter chegado aqui nessa leitura. Mauro Segura.

Desapego: Quanto mais leve a mochila, mais longe eu vou [VÍDEO]

No meu processo de mudança, um dos maiores desafio que vivi foi me desapegar de bens materiais que acumulei comigo ao longo das minhas décadas de vida. Aceitar e praticar o real desapego me tomou meses de reflexão, preparação e ação. Atualmente, tudo me parece muito fácil e aceitável, mas confesso que para chegar a… Continue a ler »Desapego: Quanto mais leve a mochila, mais longe eu vou [VÍDEO]

Transformar e Renascer

Cheguei da caminhada de 220 quilômetros me sentindo feliz e realizado por ter superado o desafio. Poucos dias depois comecei a sentir alguns sintomas estranhos. Em pouco tempo o exame denunciou: era covid19. Tenho a convicção, apesar de não conseguir provar, que eu não fui infeccionado pelo coronavírus ao longo do caminho que fiz em… Continue a ler »Transformar e Renascer

Mulheres no Caminho

Ela olhou para mim, colocou a enxada de lado e sorriu. Eu não resisti e fui falar com ela. Foi assim que conheci a Dona Leocádia e o Chico, seu companheiro canino. Eu estava caminhando em uma estrada de terra batida que cortava grandes arrozais, em alguma localidade entre Santa Maria e Dr. Pedrinho, no… Continue a ler »Mulheres no Caminho

Eu e Mr Hyde

A minha vida de executivo, forjada em décadas de trabalho, me transformou em uma pessoa pragmática, racional, produtiva e avesso ao acaso. Fui treinado para planejar as coisas, determinar metas e persegui-las insanamente. Olhando para trás, acho que posso afirmar que as cicatrizes da minha vida, principalmente o lado profissional, me transformaram em uma pessoa… Continue a ler »Eu e Mr Hyde

A incurável dor da saudade

Dias atrás, ao caminhar no condomínio onde vivo, no final de tarde, eu vi uma mulher também caminhando. Eu estava atrás dela uns cinquenta metros. Ela estava de costas. Ela era incrivelmente muito parecida com a Regina: mesmo corpo, mesmo cabelo, mesmo rabo de cavalo, mesmas roupas, mesmo tênis, mesmo jeito e velocidade ao caminhar…… Continue a ler »A incurável dor da saudade

Breguíssimo

Uma das primeiras coisas que fiz, após a partida da Regina, foi substituir as minhas antigas playlists no Spotify por playlists completamente novas, com músicas desconhecidas por mim. Isso, de alguma forma, foi um estratagema para não estimular o despertar de emoções pela falta de minha amada. Acho que tem dado certo, mas isso não… Continue a ler »Breguíssimo