O presidente de sua empresa está se sentindo rejeitado? Saiba que ele não está só.

Da série Histórias do Pimentel

Pimentel, presidente da XYZ, entrou na sala de seu psicólogo para uma consulta.

– Dr. Alex. Eu estou me sentido rejeitado. Tudo começou na minha casa. A minha mulher não se desgruda do celular. Vai para cama com ele e fica jogando pela internet até cair de sono. A minha filha tem um notebook que nunca é desligado, Ela vê TV com o computador no colo, com uma coisa ligada no ouvido e fala com um monte de gente que não tenho ideia de quem é. Nós não conversamos mais em casa, quase não jantamos mais juntos, até porque chego tarde em casa quase todos os dias. Para piorar a situação, agora o pessoal do trabalho fala um monte de coisas que não entendo. O diretor de RH entra na minha sala para falar de redes sociais, facebook e orkut. Diz que quer contratar olhando o que diz nas redes e fala que eu deveria tentar separar um tempo para entender isso. O diretor de TI diz que temos que trocar os celulares dos diretores e gerentes por blackberry. Você acha que vou gastar dinheiro da empresa com isso? Cada dia que passa, eu recebo mais emails. Por que o pessoal não entra na minha sala para conversar? Eu nem consigo usar direito o computador na minha sala, fico angustiado de ver a tela toda vermelha com mensagem para ler. Onde foi parar a velha conversa? Os funcionários mais novos dizem que a nossa empresa é velha, que quer controlar tudo, que eu o presidente vive encastelado e que deveríamos liberar as redes sociais. Já cansei de receber tanto diretor entrar na minha sala para falar a mesma coisa. O pessoal de comunicação diz que o nosso jornal interno já era, que deveríamos criar um blog, que eu mesmo deveria escrever. E você acha que sou maluco? Nunca fui bom de escrita. Quem imagina que vou permitir um blog na companhia está enganado. Para que fazer isso? Para ouvir funcionário reclamando de salário? Já o pessoal de marketing fala que temos que investir mais em projetos na internet, que ali é que está o futuro. Eu, quando preciso falar com um cliente, pego o velho telefone e falo com ele. Isso sim é que funciona. Esse negócio de internet é bacana, mas não é prá negócios não. E ainda é perigoso, porque você não vê o que escrevem sobre a empresa. Noutro dia me contaram que tem uma comunidade na orkut falando mal da XYZ, veja se pode. Tenho que resistir. O diretor de marketing adora tecnologia e reclama que não fazemos projetos inovadores. Aliás, ele só fala no Kindle e no iPad. Diz que não quer mais saber de livros de papel e só fala nisso. Noutro dia falou de um tal de Gato Sabido. não entendi nada, o que o gato tem a ver com isso? Doutor, estou me sentindo rejeitado. Acho que ninguém me entende. O que senhor me recomenda?

– Sabe de uma coisa, eu também não sei se escolho o Kindle ou o iPad.