Ranking BrandZ: As marcas mais valiosas do mundo 2014

  • marketing

Saiu o ranking BrandZ 2014 da Millward Brown Optimor. A grande novidade é que, pela primeira vez, o Google aparece em primeiro lugar no ranking. A posição foi roubada da Apple, que liderava a lista em 2013. A marca da Google foi avaliada em US$ 159 bilhões, com um salto gigantesco de 40% no valor na comparação com o ano passado. A inversão das posições foi possível devido à redução do valor da marca Apple em 20%, cujo novo valor passou a ser de US$ 148 bilhões.  A IBM aparece em terceiro lugar, consolidando sua posição de marca líder no segmento business-to-business, com valor avaliado de U$ 108 bilhões.

Algumas leituras do ranking:

  • A média de crescimento de valor das 100 marcas mais valiosas do mundo foi de 12%.
  • Algumas marcas deram saltos gigantescos de valor de 2013 para 2014, conquistando posições destacadas no ranking, como Microsoft, Visa e Amazon.
  • Amazon entrou no Top10 pela primeira vez.
  • As 4 primeiras posições do ranking são ocupadas por empresas de tecnologia, o que confirma o impacto da tecnologia na sociedade moderna. Além disso, o setor de tecnologia contém as empresas que tiveram a maior valorização de suas marcas no ranking.
  • Facebook cresceu 68% em valor de marca, sendo o segundo maior crescimento de toda a lista e ocupa agora a posição 21 no ranking.
  • Twitter e LinkedIn entraram no ranking pela primeira vez.
  • Das 100 marcas da lista, 50% são da América do Norte, 23% da Europa e 20% da Asia.
  • Nenhuma marca da América Latina aparece no ranking.
  • Sempre me surpreendo ver o valor e a posição no ranking da marca Marlboro.

O ranking da BrandZ me parece o estudo mais completo e profundo na avaliação de valor de marca, tem uma metodologia abrangente cujos critérios são reconhecidos pelo mercado.

Não deixe de acessar o estudo completo em PDF da BrandZ Top 100 Most Valuable Global Brands 2014. Vale a pena. É show!!

Se estiver interessado somente na lista, então acesse o PDF com o ranking completo das Top 100