Vamos mudar o nome do Departamento de Comunicação 2

Vamos mudar o nome do Departamento de Comunicação 2

Vamos mudar o nome do Departamento de Comunicação 2

150 150 Mauro Segura

Noutro dia eu escrevi aqui que a gente deveria mudar o nome do Departamento de Comunicação para Departamento de Transformação. Agora venho com um conceito complementar.

No mundo atual, a comunicação unidirecional vem perdendo de goleada para a comunicação multidirecional e colaborativa. Os mais jovens adoram redes sociais, blogs, fóruns e outras formas de interação pois permitem troca de informações online e aberta a todos. São todos falando com todos simultaneamente, de modo informal, criativo e expontaneo. Tudo ao mesmo tempo agora. Acredito que isso não é novidade pra ninguém, mas parece que para as grandes empresas isso ainda é uma tremenda novidade. A maioria absoluta das empresas ainda trabalha com os canais tradicionais de comunicação, que são unidirecionais, frios, lentos e acéfalos. A palavra “acéfalos” é exagerada, mas o intuito foi esse mesmo.

As empresas ainda insistem em fazer suas comunicações assinando embaixo o nome da empresa. Parece que ninguém assinou ou foi dono daquela comunicação. Ahhh, isso é coisa da empresa.. não é de uma área só não. Mas que empresa é essa? Se tirarmos todos os seres humanos das empresas, ficarão apenas as mesas, cadeiras, máquinas e todas as traquitanas fabris e de escritório e… nada vai acontecer. As empresas funcionam porque as pessoas fazem funcionar. Portanto, as empresas são pessoas. Portanto, a comunicação dentro das empresas deveria ser sempre de pessoas para pessoas. Daí eu puxo todo o raciocínio para o início do meu papo. O mundo hoje é colaborativo, e isso fica evidente no sucesso das redes sociais e em todos os meios de comunicação em que a interação é online e intensamente pessoal. As empresas deveriam acordar para isso e tomarem iniciativa de disponibilizar redes sociais internas de comunicação para os funcionários conversarem e trocarem experiências. Seria imaginar um grande orkut interno da empresa, aberto, democrático e disponível 24hs por dia. Aí alguém apareceria com a velha paranóia (sempre tem alguém que fala isso) de que vamos perder o controle da informação ao criarmos uma rede aberta a todos. Pura balela, o controle da informação a gente já perdeu há muito tempo. A gente pensa que não perdeu… ou finge que não perdeu. O Orkut faz sucesso porque é aberto… e cá entre nós, os corredores das empresas são abertos também. Quer melhor orkut do que o corredor ou o cafezinho na cantina dentro da empresa?

Eu tenho um outro ponto que acho que as companhias ainda não se tocaram. Ter uma rede social interna, aberta, sem restrição e sem controle, vai permitir que os executivos da empresa saibam quais são os anseios, aspirações, preocupações e visão dos empregados. Vai estar tudo demonstrado lá nas interações entre os empregados. No final alguém vai dizer: “Caramba, isso é melhor do que qualquer mesa-redonda”. E de lambuja, eu garanto que vão aparecer idéias, oportunidades de novas áreas de negócio que a companhia ainda não trabalha, etc. Enfim, acho que os ganhos são infinitamente maiores do que o risco de perdermos o tal controle da informação. Aliás, o bom será isso mesmo… vamos perder o controle da informação!!! Até porque ela não existe mesmo…hehehehe.

Enfim, acho que o Departamento de Comunicação poderia ser chamado Departamento de Colaboração.