Desapego: Quanto mais leve a mochila, mais longe eu vou [VÍDEO]

No meu processo de mudança, um dos maiores desafios que vivi foi me desapegar de bens materiais que acumulei comigo ao longo de décadas de vida. Aceitar e praticar o real desapego me tomou meses de reflexão, preparação e ação. Atualmente, tudo me parece muito fácil e aceitável, mas confesso que para chegar a este… Continue a ler »Desapego: Quanto mais leve a mochila, mais longe eu vou [VÍDEO]

Transformar e Renascer

Cheguei da caminhada de 220 quilômetros me sentindo feliz e realizado por ter superado o desafio. Poucos dias depois comecei a sentir alguns sintomas estranhos. Em pouco tempo o exame denunciou: era covid19. Tenho a convicção, apesar de não conseguir provar, que eu não fui infeccionado pelo coronavírus ao longo do caminho que fiz em… Continue a ler »Transformar e Renascer

Mulheres no Caminho

Ela olhou para mim, colocou a enxada de lado e sorriu. Eu não resisti e fui falar com ela. Foi assim que conheci a Dona Leocádia e o Chico, seu companheiro canino. Eu estava caminhando em uma estrada de terra batida que cortava grandes arrozais, em alguma localidade entre Santa Maria e Dr. Pedrinho, no… Continue a ler »Mulheres no Caminho

Eu e Mr Hyde

A minha vida de executivo, forjada em décadas de trabalho, me transformou em uma pessoa pragmática, racional, produtiva e avesso ao acaso. Fui treinado para planejar as coisas, determinar metas e persegui-las insanamente. Olhando para trás, acho que posso afirmar que as cicatrizes da minha vida, principalmente o lado profissional, me transformaram em uma pessoa… Continue a ler »Eu e Mr Hyde

A incurável dor da saudade

Dias atrás, ao caminhar no condomínio onde vivo, no final de tarde, eu vi uma mulher também caminhando. Eu estava atrás dela uns cinquenta metros. Ela estava de costas. Ela era incrivelmente muito parecida com a Regina: mesmo corpo, mesmo cabelo, mesmo rabo de cavalo, mesmas roupas, mesmo tênis, mesmo jeito e velocidade ao caminhar…… Continue a ler »A incurável dor da saudade

Breguíssimo

Uma das primeiras coisas que fiz, após a partida da Regina, foi substituir as minhas antigas playlists no Spotify por playlists completamente novas, com músicas desconhecidas por mim. Isso, de alguma forma, foi um estratagema para não estimular o despertar de emoções pela falta de minha amada. Acho que tem dado certo, mas isso não… Continue a ler »Breguíssimo