Blog da Petrobras – O Feitiço e o Feiticeiro

Eu adoro a internet, mas as vezes ela me assusta. A cada dia que passa eu vejo que ainda temos muito o que aprender com a internet e as mídias sociais.

Semanas atrás, o assunto blog “Petrobras Fatos e Dados” bombou na imprensa e na web. A empresa anunciou que o objetivo do blog é criar um canal de comunicação direta com a sociedade, sem intermediários. No entanto, as mídias sociais, como os blogs, não são meramente canais de comunicação da forma como a imprensa e as empresas estão acostumadas a trabalhar, elas são canais de diálogo e exposição. Quando uma empresa publica um blog externo, como fez a Petrobras, ela está dando uma mensagem do tipo: “Oi sociedade. Oi clientes. Oi investidores. Quero conversar com vocês. Estou pronta e preparada para estabelecer um diálogo”. Por outro lado, o diálogo na internet não tem um padrão estabelecido. Esse diálogo virtual, intenso e surpreendente, é algo novo para todos nós, com todos os potenciais riscos e benefícios que uma novidade provoca.

Enfim, conto tudo isso pois o blog oficial da Petrobras, chamado “Petrobras Fatos e Dados”, ganhou um contra-ponto. Trata-se do “Petrobras Dados e Fatos“, que se apresenta como “diferente do original, aqui não tem censura“. Por essa a Petrobras não esperava. Não deixe de ver o número de comentários nesse blog alternativo. Aliás, veja o post “Alguns esclarecimentos a respeito desse blog”, que gerou mais de uma centena de comentários.

A Petrobras lançou o blog para responder a imprensa, dizendo que a imprensa não é tão transparente e imparcial quanto deveria ser. Daí vem esse blog-protesto para fazer o contra-ponto do blog da Petrobras. Minha percepção é que a empresa concentrou o esforço do blog unicamente para responder a imprensa. Acho que ninguém na empresa dimensionou o potencial de reação da comunidade virtual, formada por pessoas como eu e você. Quem, na Petrobras, poderia imaginar o surgimento de um blog-protesto como esse? Com autor desconhecido, lay-out igual ao original e com uma legião de internautas apoiando a iniciativa.

É por isso que as empresas têm que se planejar e saber muito bem o que querem quando entram no jogo das mídias sociais. Como dica, eu sugiro o recente post de Sandy Carter “Difference between If and When… Business 2.0“. Ela resume muito bem alguns pontos importantes que as empresas devem considerar quando pensarem em web 2.0.

Enfim, o mundo da internet é novo e surpreendente. Parece que a grande rede respondeu para a Petrobras: “Quer brincar de blog? Ok. Topo. Vou brincar com você”. Será que o feitiço virou contra o feiticeiro?

Prá terminar. Veja as imagens abaixo. Clique nelas para acessar os blogs. Uma delas é o blog oficial da Petrobras. A outra é o blog alternativo. Não deixe de ver os detalhes: o nome do blog, o layout, etc. A internet tem dessas coisas.