resiliência

Eu e Mr Hyde

A minha vida de executivo, forjada em décadas de trabalho, me transformou em uma pessoa pragmática, racional, produtiva e avesso ao acaso. Fui treinado para planejar as coisas, determinar metas e persegui-las insanamente. Olhando para trás, acho que posso afirmar que as cicatrizes da minha vida, principalmente o lado profissional, me transformaram em uma pessoa… Continue a ler »Eu e Mr Hyde

A incurável dor da saudade

Dias atrás, ao caminhar no condomínio onde vivo, no final de tarde, eu vi uma mulher também caminhando. Eu estava atrás dela uns cinquenta metros. Ela estava de costas. Ela era incrivelmente muito parecida com a Regina: mesmo corpo, mesmo cabelo, mesmo rabo de cavalo, mesmas roupas, mesmo tênis, mesmo jeito e velocidade ao caminhar…… Continue a ler »A incurável dor da saudade

Breguíssimo

Uma das primeiras coisas que fiz, após a partida da Regina, foi substituir as minhas antigas playlists no Spotify por playlists completamente novas, com músicas desconhecidas por mim. Isso, de alguma forma, foi um estratagema para não estimular o despertar de emoções pela falta de minha amada. Acho que tem dado certo, mas isso não… Continue a ler »Breguíssimo